top of page

Redivider (“Do Geese see God?”) para quarteto de cordas, foi uma peça terminada em 2020 no contexto de uma candidatura ao Concurso de Composição Bartók 2020, no qual as peças submetidas deveriam ser inspiradas nos quartetos de cordas de Bartók. Além disso, a peça está incluída num grupo de obras que foram influenciadas pela ideia de espaço negativo e as suas possíveis representações, com influências como M. C. Escher e artistas e obras de arte semelhantes.

Neste contexto, a arquitectura da peça é em forma de arco, o que levou a um desafio composicional de escrever um palíndromo musical. Comecei com o planeamento estrutural: a peça espelhar-se-ia exactamente no meio e seria dividida em 5 secções no total (A-B-C'-B'-A'), cada uma com um foco particular - uma secção focada em massas sonoras amorfas, outra focada em intervenções a solo de cada um dos músicos, e a secção do meio (onde estaria o ponto de espelhamento) focada num tipo de escrita "pergunta e resposta" em música de câmara.

bottom of page